top of page
Buscar
  • Foto do escritorFabiane Cattai

Como as pessoas com diversas limitações utilizam computadores, tablets e smartfones?

Publicado em 16 de novembro de 2021


Foto de mão sobre teclado de notebook, na tela e na mesa contém diversos rostos dispostos em retângulos.

No artigo anterior, abordei o que são tecnologias assistivas e sua importância. Vamos conhecer algumas tecnologias assistivas que apoiam pessoas com alguma limitação a usarem os equipamentos digitais.


Nem sempre as próprias pessoas com alguma limitação seja física, sensorial e/ou cognitiva sabem da existências de tecnologias assistivas que oportunizam a usabilidade dos meios digitais.


Seguem alguns exemplos:

  • Leitores de Tela. Os leitores de tela são programas que, interagindo com o Sistema Operacional do computador, capturam toda e qualquer informação apresentada na forma de texto (e alguns elementos gráficos) e as transformam em uma resposta falada através de um sintetizador de voz. Auxilia pessoas com cegueira. Exemplos: Jaws – para Windows(pago); NVDA - para Windows (gratuito); Voice Over- para Mac Nativo.

  • Ampliadores de tela. Os ampliadores de tela, como o próprio nome sugere, fazem a ampliação de textos e imagens na tela do computador para facilitar a utilização por parte de pessoas com deficiência visual (baixa visão), ou ainda, para pessoas que tenham algum outro tipo de dificuldade visual, inclusive as temporárias. Exemplos: Lupa – para Windows; Magic – para Windows(pago); Zoomtext – para Windows e Mac(pago); Orca – para Linux Nativo.

  • Braile Fácil. Programa, para computador, que permite transcrever qualquer texto em braile. O software possui, entre outras coisas, editor para gráficos táteis, impressora braile automatizado, simulador de teclado braile e utilitários para facilitar a digitação. O texto pode ser digitado diretamente neste programa ou importado a partir de um editor de textos convencional. Auxilia pessoas que necessitam do braile como cegos e surdocegos.

  • Programa de reconhecimento de voz. Entrada de comandos no computador e recebimento de retorno a partir do leitor de telas. Imagine esse cenário: um homem cego e sem braços procura um assunto em sites de busca, neste caso uma alternativa de tecnologia assistiva seria um programa de reconhecimento de voz.

  • Teclados de acrílico(colméia). Acessório acoplado a um teclado de computador, com a finalidade de auxiliar usuários que possuem pouca coordenação motora/mobilidade reduzida nos membros superiores. A colmeia impede que mais de uma tecla seja pressionada ao mesmo tempo ou indevidamente.

  • Camera Mouse (Windows). Possibilita o controle do mouse na tela com o movimento da cabeça e dos olhos. Auxilia pessoas com limitações físicas.

  • VLibras (Windows, Linux, Android, iOS, extensão para Chrome, Firefox e Safari). É uma suíte de ferramentas utilizadas na tradução automática do Português para a Língua Brasileira de Sinais. É possível utilizar essas ferramentas tanto no computador Desktop quanto em smartphones e tablets. Auxilia pessoas surdas.

  • EasyReader(extensão para Chrome). Cria um pop-up limpo e sem distrações com o texto selecionado pelo usuário. Auxilia pessoas com limitações cognitivas e com TEA – Transtorno de Espectro Autista.

  • Adobe Color. Ferramenta para criar temas acessíveis. Verifica a proporção de contraste das cores do texto e de fundo para garantir a acessibilidade visual das cores escolhidas e compare-as às Diretrizes de Acessibilidade para Conteúdo Web (WCAG). Auxilia pessoas com limitações visuais como baixa visão e daltonismo.

Estes foram alguns recursos existentes, mas existem inúmeros apoios para o uso da tecnologia para possibilitar a inclusão digital à todas as pessoas.


A tecnologia é aliada ao processo de inclusão digital para todos! E você o que achou deste artigo? Foi útil?


Até a próxima!


Fabiane Cattai{

Especialista em Acessibilidade Digital

}


Fontes:



10 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page